DestaqueParaíba

Sindicato do Vigilantes destaca mudanças causadas pela reforma Trabalhista

O presidente do Sindicato dos Vigilantes de Campina Grande, Edmir Bernardo, teceu críticas nessa quinta-feira (16) à reforma Trabalhista, que entrou em vigor na última semana, e falou sobre as mudanças para a categoria.

– O vigilante trabalha um dia, folga outro e tem uma hora de intervalo. Na antiga lei qualquer trabalhador acima de seis horas tinha hora de intervalo. Nessa nova regra diz que é 30 minutos e não tem condições de fazer uma alimentação em 30 minutos. Tem a questão da reciclagem, que se recicla a cada dois anos, e se o vigilante não passasse poderia demitir, mas pagando todos os direitos. Nessa nova regra diz que se o trabalhador perder sua habilitação a empresa pode demitir por justa causa – criticou.

As informações foram veiculadas na Rádio Campina FM.

paraibaonline

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo