DestaqueParaíba

Secretário Luis Torres lamenta decisão judicial para retorno do Racionamento

O secretário de Comunicação do Estado, Luis Torres, assim que tomou conhecimento sobre a decisão do juiz federal Vinícius Costa Vidor acatando o pedido do MPF para o retorno do racionamento nas localidades abastecidas pelo Açude Epitácio Pessoa, emitiu uma nota lamentando a decisão.

A decisão foi divulgada nesta terça-feira (19). O juiz ainda suspendeu a autorização da retirada da água de Boqueirão para uso agrícola, destinando as águas apenas para o consumo humano e dessedentação de animais.

Nota de Luís Torres

O governo pôs fim ao racionamento, que sacrificava o povo mais carente de Campina e região, com base em dados técnicos inquestionáveis, referendados pela Agência Nacional das Águas. Tanto que em menos de um mês do fim do racionamento Boqueirão já vai atingir um milhão de metros cúbicos a mais. Essa, portanto, é uma decisão que inviabiliza o acesso do povo de Campina Grande a um bem tão essencial como a água. O Boqueirão, pela decisão, não poderá jamais ser usado visto que o próprio juiz diz não poder declarar qual o índice ideal. O governo vai recorrer da decisão ao TRF e estará pronto pra lutar até o dia em que a água seja devolvida a quem tem o direiro de usá-la”, afirmou o secretário, assim que divulgada a decisão judicial.

Até o momento, os órgão ainda não foram notificados oficialmente.

Mais informações aqui

paraibatododia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo