ParaíbaPolítica

“Se eu que tenho perfil, não quero, quem faz parte das oligarquias vai assumir”, diz Tatiana

Foto: Reprodução

A pré-candidata a deputada federal, Tatiana Medeiros (MDB), explicou, nesta quinta-feira (12), a mudança de ideia sobre disputar as eleições deste ano. Até a semana passada, a médica negava qualquer intensão de se candidatar, mas foi convencida por José Maranhão (MDB). A médica argumentou que tem legado em Campina Grande, tem perfil técnico, compromisso, ética e outros atributos que a faz apta para esta disputa.

Ela destacou que o MDB não tinha uma pré-candidata a deputada federal em Campina e foi convidada pelo pré-candidato ao governo do Estado, senador José Maranhão, em várias visitas que ele fez a sua clínica.

Alguns dos argumentos usados por Maranhão para convencê-la foi que a classe política precisa de “renovação, honestidade, transparência, compromisso, pessoas técnicas e que não são engajadas numa família que querem apenas abocanhar todos os postos”.

“Eu tinha fechado meu coração para qualquer disputa no âmbito político. Minha história na política partiu do meu trabalho. Eu nunca imaginei que ingressaria na política, pois não tenho parentesco com nenhum político. Eu trabalho de verdade. As pessoas podem até não gostar de mim, mas dizer que eu não trabalho com firmeza, com competência, ninguém tem coragem de dizer, pois vai passar vergonha”, iniciou.

Tatiana contou que estava 100% dedicada à medicina tanto em sua clínica, quanto fazendo gestão pública, “sem ânimo” para ingressar nesta disputa, mas foi convencida “na última hora”.

“Eu tenho condições de assumir uma vaga na Câmara federal. Se eu, que tenho perfil, não quero, aqueles que fazem parte das oligarquias vão assumir”, frisou Medeiros, durante entrevista ao Correio da Manhã. Ela se mostrou grata pelos quase 100 mil campinenses que acreditaram nela em 2012.

Paraiba Todo Dia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo