Paraíba

“São João de Campina é o melhor caso de reconhecimento facial, batendo carnaval do Rio”, diz diretor da Staff

Foto: Reprodução

Mateus Torres, que é sócio-diretor da empresa The Staff Security, que trouxe o ‘reconhecimento facial’ para a festa d’O Maior São João do Mundo’, em Campina Grande, disse que o São João de Campina Grande é o melhor caso do Face Watch, com seis pessoas retidas até o momento, batendo outros grandes eventos e até o Carnaval do Rio. A ferramenta tem ajudado na redução de índices de criminalidade do Parque do Povo desde o início da festa.

Segundo Mateus, a ferramenta provou sua eficácia e a empresa tem interesse em voltar, em 2020. Desde o início da festa não houve registro de problema com as câmeras ou com o soft que trata do Face Watch e “está 100%”.

Ele ainda explicou que o sistema é muito leve, pois não compara foto com foto, mas gera uma equação matemática, um código do rosto e compara com a base de dados. A iniciativa de fazer uma abordagem ao possível suspeito parte do operador.

Assista a entrevista completa aqui a partir de 1h e 25 minutos da live.

Com a ajuda do sistema de reconhecimento facial, os policiais que trabalham no Quartel General do Forró potencializaram o combate à criminalidade e já realizaram mais de 150 abordagens até o dia 28 de junho.

O número é ainda maior se levarmos em consideração as abordagens feitas pelos policiais durante patrulhas realizadas em vários pontos do Parque do Povo. Ao todo o espaço é contemplado com 270 câmeras de segurança, sendo 250 equipamentos fixos, 15 speed dome e cinco instaladas nas portarias do Quartel General do Forró.

Essas câmeras possuem a tecnologia PTZ (Pan-Tilt-Zoom) que permite aos policiais que estão na central de monitoramento mudar o local de visualização das câmeras pelo controle remoto. Toda a infraestrutura montada na central é feita pela Brisanet, enquanto que a empresa que disponibiliza a tecnologia de reconhecimento facial é a Staff.

A central de monitoramento conta ainda com uma robusta torre de armazenamento, que é composta por oito gravadores de vídeo em rede (Network Video Recorder ou NVR) que registram todas as imagens das câmeras de segurança do Parque do Povo. Além disso, o PP possui 13 Pontos de Observação Policial (POP), para que as equipes da Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros tenham uma visualização melhor do público durante a festa.

Paraiba todo dia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo