DestaquePolítica

Ricardo minimiza envio de lista de ‘codificados’ à PF e reforça tese de fraude

Foto: Hermes de Luna/Portal Correio

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou, nesta quarta-feira (21), o envio, pelo Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado (Sindifisco), da lista com todos os funcionários ‘codificados’ que estariam irregulares à Polícia Federal (PF).

De acordo com o Sindifisco, a remessa dos dados à PF tem por objetivo desestruturar supostos esquemas de beneficiários que não aparecem nas folhas de pagamento.

Ricardo disse que não lhe interessa para onde a lista foi enviada e que o caso já está sendo investigado pela polícia. Segundo ele, quem fraudou a lista será responsabilizado na Justiça. “Quem fraudou vai se ver com as barras da lei, e se for funcionário público, perderá o emprego”, avisou.

Para o governador, a lista dos funcionários foi alterada para criar um clima de instabilidade em seu governo. Ele revelou que quem divulgou a lista já está sendo ouvido pela polícia e responderá a inquérito. “Aumentaram a lista em quase duas vezes. Ninguém pode fazer isso. Essa fraude foi divulgada para expor as pessoas, para criar um clima de instabilidade”, declarou.

Portal Correio

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo