DestaqueParaíba

Procurador: Nós temos que garantir a segurança hídrica da região de Campina

O procurador Bertrand Asfora comentou sobre uma reunião realizada na sede do Ministério Público da Paraíba (MPPB), na tarde dessa quarta-feira, 16, que discutiu um alerta dado pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional, que diz o volume atual do Açude de Epitácio Pessoa (Boqueirão) não é suficiente para garantir a segurança hídrica das 19 cidades abastecidas por ele, incluindo Campina Grande.

Na próxima segunda-feira (22), o MPPB expedirá uma recomendação em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba para que a Agência Executiva de Águas do Estado da Paraíba (Aesa) e a Agência Nacional de Águas (ANA) suspendam ou revoguem a resolução que permite a retirada de água da transposição para irrigação.

– Só há segurança hídrica na região de Campina Grande quando Boqueirão tiver 97 milhões de metros cúbicos de água. O que nos incomodou foi o fato da ANA e da Aesa terem baixado uma resolução autorizando a irrigação. Tem alguma coisa muito errada aí. Se o Ministério da Integração documenta que a segurança hídrica se encontra em risco, como a ANA e a Aesa autorizam a irrigação com 31 milhões de metros cúbicos? Nossa visão é que qualquer retirada é crime. Nós temos que garantir a segurança hídrica da região de Campina Grande – frisou.

paraibaonline

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo