Paraíba

Presidente da FIEP: “45% da indústria brasileira está paralisada”

Foto: Ascom

O presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, Buega Gadelha, afirmou que a greve dos caminhoneiros trouxe danos relevantes para a população e para a indústria.

Ele destacou que não existe mais razão para dar continuidade à greve e citou que seria uma crueldade com as pessoas dar seguimento a esse movimento.

Buega participou de uma reunião junto ao governador Ricardo Coutinho (PSB) e outras autoridades na manhã desta terça-feira (29), em João Pessoa.

– A reunião foi super interessante. Constatamos que houve adesão muito grande da população aos caminhoneiros. Os danos da greve são irreparáveis e até cruéis. Mais de 45% da indústria brasileira está paralisada e isso vai aumentando a cada momento – ressaltou.

As informações foram concedidas à Rádio Arapuan FM.

Paraibaonline

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo