ParaíbaPolítica

Prefeito de Montadas tem trinta dias para exonerar irmão de Secretaria, diz TCE-PB

(Foto: Kleide Teixeira/Jornal da Paraíba)

O prefeito de Montadas, Jonas de Souza (PSD), tem trinta dias para exonerar seu irmão Ranunfo Leandro de Souza, que atualmente responde pela Secretaria de Infraestrutura do município, no Agreste paraibano. A recomendação foi publicada no Diário Oficial Eletrônica do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), na quinta-feira (22).

G1 tentou entrar em contato com a prefeitura de Montadas, mas as ligações não foram atendidas.

O TCE considera irregular a nomeação de Ranunfo Leandro, “por se tratar de hipótese de prática de nepotismo”. O prefeito tem trinta dias para tomar as providências necessárias e desligar o irmão do quadro de pessoal do município de Montadas. O não cumprimento da decisão implicará na multa e outras providências legais.

Essa não é a primeira vez que o prefeito de Montadas nomeia pessoas da sua família. No dia 3 de janeiro de 2017, foi publicada no Diário Oficial da União a nomeação de pelo menos sete parentes para compor o primeiro escalão da nova administração do município. Dentre os nomes escolhidos pelo gestor estão a esposa, um tio, três irmãos e dois primos dele. Jonas de Souza justifica que são pessoas “realmente de confiança” e que não foram nomeadas por causa do parentesco.

De acordo com o site do TSE, o prefeito Jonas de Souza foi eleito com 1.970 votos – 52,82% dos votos válidos. Montadas fica a 155 km da capital João Pessoa e tem uma população de 5.611 habitantes, conforme dados do IBGE.

Por G1 PB

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo