Paraíba

Polícia prende suspeitos de matar duas mulheres e deixar corpos em canavial, na PB

Foto: Reprodução

Dois homens foram presos na sexta-feira (22), em Pedras de Fogo, Litoral Sul da Paraíba, sob acusação de matar duas jovens e abandonar os corpos em um matagal na região do município de Cruz do Espírito Santo, localizado na Mata Paraibana.

Segundo a Polícia, Ednaldo de Santana, conhecimento como “Jack Chan”, é suspeito de matar Kátia Janielly Macena, de 29 anos, morta com dois tiros na cabeça; e Ricardo Alves de Sena, suspeito de matar Bruna Dara da Conceição, de 22 anos.

As duas mulheres desapareceram no dia 10 de fevereiro quando informaram à família que iriam a João Pessoa, mas não especificaram o motivo. O duplo homicídio teria ocorrido na tarde da segunda-feira (11) em uma região de limite entre Cruz do Espírito Santo e Pedras de Fogo.

O corpo de Bruna Dara foi encontrado em estado de decomposição dentro da mata e o de Kátia Janielly em um canavial. O Corpo de Bombeiros foi acionado para desenterrar os corpos que foram recolhidos e enviados para o Instituto de Polícia Científica, em João Pessoa.

Um dos suspeitos relatou que Kátia Janielly teria envolvimento com a morte de um dos chefes do tráfico de drogas na região e, por este motivo, um irmão do suposto traficante ameaçou o acusado, que tinha um relacionamento com a vítima, para que ele a matasse.

Segundo a polícia, Bruna Dara, também foi morta porque estava junto de Kátia no momento do crime.

 

Vítimas

Fotos: Reprodução OP9

Paraiba todo dia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo