Notícias

Polícia investiga o que pode ter causado morte de Guilherme

(Foto: Reprodução/TV Correio)

A Polícia Civil disse à TV Correio nesta quinta-feira (26) que segue com as investigações para saber o que causou a morte de Guilherme Marinho, de sete anos. O Instituto de Polícia Científica (IPC) confirmou nesta quinta que uma ossada achada em 15 de junho deste ano é do menino, que estava desaparecido desde fevereiro em João Pessoa.

O delegado Marcos Paulo, superintendente da Polícia Civil, afirmou que agora vai trabalhar para descobrir o que causou a morte de Guilherme. Ele falou que não sabe ainda se houve algum crime ou se o menino morreu de outra forma.

“São várias as possibilidades. Ainda não há nenhum elemento que indique que essa criança foi levada por alguém de maneira violenta ou convidativa”, disse o delegado, à TV Correio. “A gente tinha esperança de achar essa criança viva”, completou.

Apesar disso, a mãe da criança suspeita que tenha ocorrido um crime e que o assassino seja uma pessoa conhecida.

PORTAL CORREIO

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo