Paraíba

PMQ e STTrans entregam coletes a mototaxistas regularizados e oferece mais segurança à população de Queimadas

Para oferecer mais segurança à população e também aos mototáxistas, a Prefeitura Municipal de Queimadas, através da Superintendência de Trânsito e Transportes (STTrans) entregou, na última terça-feira (16), os novos coletes a todos os permissionários do sistema de mototáxista, devidamente cadastrados e regularizados do município. O evento ocorreu na sede da Casa do Empreendedor, com a participação do prefeito, José Carlos de Sousa Rego e do superintendente, Salomão Augusto. Foram entregues 60 coletes.
Além dos coletes padronizados, o superintendente da STTrans assegurou que, nos próximos meses, os permissionários também irão receber, gratuitamente, um cartão de permissão definitivo que poderá identifica-lo, em todo o território nacional como permissionário do sistema de mototáxi regularizado. Ele acrescentou que Queimadas hoje tem um conceito diferenciado de trânsito. “Isso irá facilitar sua identificação juntos aos órgãos fiscalizadores e acaba definitivamente o grande problema da clandestinidade”, explicou Salomão Augusto.
O superintendente assegurou que aqueles mototaxistas que ainda estão atuando no município de forma irregular, devem procurar a STTrans para se cadastrarem e regularizarem sua situação. “Nós aproveitamos esse momento para fazer o convite aqueles que ainda não estão regularizados em nosso município, para que nos procurem e regularizem sua situação. Eles também poderão ser inseridos no nosso sistema. Nosso intuito é humanizar o serviço e oferecer cada vez mais segurança à nossa população”, disse Salomão.
O prefeito de Queimadas, José Carlos de Sousa Rego destacou a importância de regularizar o sistema de mototáxi no município e explicou que esta ação, além de oferecer mais segurança para a própria categoria e para a população, evitará a concorrência desleal de pessoas que venham de fora da cidade e que não estejam cadastrados na STTrans, concorrerem com os mototaxistas da cidade de maneira desleal e totalmente irregulares, inclusive, oferecendo risco à população.
“Não havendo a regularização da categoria, qualquer pessoa poderia entrar na cidade e concorrer com quem já está nessa luta há muito tempo. Portanto, nossa intenção é oferecer segurança à categoria e a população e assegurar o direito dos mototaxistas do nosso município, evitando que outras pessoas venham de outros locais prestar o serviço em Queimadas, muitas vezes com a moto sem emplacamento, sem nenhum tipo de regularização, acabando por se tornar uma ameaça aos que já trabalham aqui de maneira regularizada”, justificou o prefeito, Carlinhos de Tião.
 Da redação com Assessoria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo