Paraíba

PMCG intensifica pedidos de reintegração de posse das casas vendidas irregularmente

Foto: Reprodução/ Internet

Casas e apartamentos de programas habitacionais, como o “Minha Casa, Minha Vida”, estão sendo vendidos e alugados, irregularmente, em sites e redes sociais em Campina Grande.

A reportagem da Rádio Campina FM entrou em contato com um anunciante de venda de um apartamento localizado no conjunto habitacional Major Veneziano 4.

O autor do anúncio disse que a proprietária do apartamento é a tia dele, uma mulher que trabalharia na Prefeitura e Câmara de Campina Grande. Segundo ele, a mulher teria recebido o imóvel ‘no jeitinho brasileiro’.

Em entrevista, o secretário de Planejamento, André Agra, disse que a Prefeitura está a cada dia intensificando a busca por publicações como essa no sentido de coibir a ação.

Ele ressaltou que existem mais de 130 pedidos de reintegração de posse dos imóveis na cidade, solicitados pela Caixa Econômica e Prefeitura.

Além de perder o direito de participar de mais um projeto do Minha Casa, Minha Vida, a pessoa que vende pode ser enquadrada em estelionato, já o comprador pode perder o imóvel e o dinheiro.

– Estamos intensificando cada vez mais ações como essa, para dar um basta a isso, porque termina sendo ruim para todas as partes. Quem estiver com essas práticas, oriento que devem parar, porque é crime e estamos atentos – disse.

*Informações da Rádio Campina FM

Paraibaonline*

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo