Paraíba

Moradores de rua são cadastrados pela Semas, em CG

(Foto: Divulgação)

Moradores e pessoas em situação de rua foram cadastrados na manhã dessa terça-feira (26) pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), em Campina Grande. O cadastramento aconteceu na Rua Manoel Pereira de Araújo, mais conhecida como rua da Feira da Galinha, localizada na Feira Central. Os trabalhos foram realizados por meio da Diretoria de Proteção Especial, Centro de Referência em Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Coordenação LGBT, Programa Ruanda, Casa de Colhimento Irmã Zuleide Porto, Consultório na Rua e a ONG Elas por Elas.

O Cadastro dos moradores de rua ou pessoas em situação de rua objetiva facilitar o diagnóstico desse público, quem são essas pessoas, qual o sexo, se todas são naturais de Campina Grande ou de outra localidade e se fazem uso de drogas.

(Foto: Divulgação) 

A diretora da Proteção Especial, Úelma Alexandre, explica que conhecendo a situação dessa população poderão ser efetuados os encaminhamentos necessários, seja, para a assistência social ou saúde, na realização de consultas e exames, além de desenvolver políticas voltadas para esse público, fazendo o possível para recuperar as condições do cidadão.

“Através do cadastro realizado se o morador deseja ser acolhido para a unidade de colhimento será realizado, posteriormente localizando a família, será realizado um contato prévio e a visita domiciliar pensando no fortalecimento de vínculos e um futuro retorno à família”, destacou Úelma.

Durante toda a ação foram distribuídos kits de higiene pessoal, através do projeto Banho de Cuidados, entrega de preservativos masculino e feminino, teste rápido de HIV e Sífilis e o momento de beleza para mulheres em situação de rua. Toda a ação teve o apoio da Coordenação da Feira Central.

PORTAL CORREIO

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo