Paraíba

Líder de Sindicato dos Caminhoneiros explica motivos e previsão de paralisação

Foto: Nelson Almeida/AFP

Em uma breve entrevista concedida ao Correio da Manhã (Rádio Correio), uma das lideranças dos caminhoneiros da região de Campina Grande, Belin, afirmou que está prevista uma reunião com representantes dos sindicatos dos caminhoneiros e representantes do Governo Federal para o próximo dia 12.

Na oportunidade, Belin informou que recebe notícias de todo o Brasil e pode acontecer, sim, uma nova paralisação, mas não é isso que eles querem. O problema é que um novo aumento era previsto apenas para dezembro, mas ele já apontou antes do mês de setembro começar, além de falha no repasse dos fretes para a categoria.

“A NPC não está fiscalizando os fretes que era para repassar para nós.  Hoje vai ter reunião com os líderes de Campina e vão decidir porque não queremos que haja nova paralisação, pois isso atinge muitas áreas. A gente esperava que o governo cumprisse o que ele falou, que aumentaria o óleo só em dezembro e aumentou agora. E não repassou que, quando aumentasse o óleo, aumentava o frete, mas não está fazendo isso”, disse.

Paraiba todo dia 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo