Paraíba

Laudo conclui que interno do Juliano Moreira morreu em acidente

(Assuero Lima/Jornal CORREIO da Paraíba)

O laudo cadavérico do paciente do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, em João Pessoa, morto após cair de um veículo enquanto era resgatado após ter fugido do local, revelou que a causa da morte foi o impacto no chão.

Laudo

Elifran Ferreira Lira, de 36 anos, morreu vítima de um traumatismo craniano e uma lesão na coluna. O delegado responsável pelo caso, Fábio Pontes, confirmou que as investigações a respeito do caso devem seguir. “O laudo confirmou que a causa da morte foi realmente a queda. E as investigações vão seguir a fim de esclarecer tudo”, disse.

Relembre o caso

No dia 13 de setembro deste ano, o Elifran, que é natural da cidade de Cajazeiras, fugiu do Complexo Psiquiátrico. Equipes de apoio do Juliano Moreira entraram em uma van e foram resgatar o interno.

Após realizarem a captura de Elifran, ele forçou a porta do veículo com as pernas e acabou caindo no chão com o veículo em movimento. Após a queda, o interno foi resgatado na própria van e levado novamente ao Complexo, onde acabou morrendo.

Negligência

O delegado apura se houve negligência das equipes do Juliano Moreira por não acionarem equipes de resgate como o Serviço de Atendimento móvel de Urgência (Samu) para socorrer a vítima. A instituição informou que apura o caso por meio de sindicância.

Por

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo