Paraíba

Jovem atropelada por retroescavadeira em Campina tem alta e agradece apoio

foto: reprodução arquivo pessoal

Após passar 39 dias internada, teve alta neste sábado (16) a mulher grávida que foi atropelada por uma retroescavadeira em Campina Grande. Rayanne Araújo, de 27 anos, postou uma foto nas redes sociais informando sobre o estado de saúde e agradecendo ao apoio da equipe médica e das pessoas que doaram sangue ou que fizeram campanha pela recuperação da jovem.

O acidente aconteceu na avenida Almirante Barroso, no dia 8 de maio. Rayanne estava com uma gestação de 27 semanas e sofreu traumatismo craniano, fraturou a bacia, e teve um corte profundo na perna. O bebê dela não resistiu aos ferimentos e morreu dois dias depois no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde ela estava internada.

A jovem também agradeceu à equipe de médicos, enfermeiros e técnicos do hospital e falou sobre o processo de recuperação da saúde. “A jornada ainda será longa, mas eu não desistirei e nem desanimarei em momento algum, eu prometo”, escreveu.

Confira o que escreveu Rayane:

“É com enorme alegria que venho comunicar que recebi alta do hospital e que estarei indo para casa ainda hoje. Estou com um misto de sentimentos dentro do meu coração, mas o que se sobressai é a gratidão. Gratidão a Deus por ter sido tão maravilhoso e misericordioso comigo. E não posso deixar de expressar minha gratidão a cada profissional que cruzou o meu caminho dentro do Hospital, aos médicos que salvaram minha vida. Agradecer o carinho, o cuidado e a preocupação que todos da equipe tiveram comigo todo o tempo.

O pessoal da UTI rosa que cuidava tão bem de mim que quando tive alta da UTI eu fiquei com medo ao invés de ficar feliz… Na enfermaria também não foi diferente, conheci pessoas maravilhosas e que quero que façam parte da minha vida para sempre, sentirei bastante saudades das conversas, brincadeiras e risadas de todos os dias. E não podia deixar de falar da minha gratidão a todos vocês pelas orações, pelas doações de sangue, pela preocupação, pela fé na minha recuperação. Muito, muito obrigada. Não há palavras que possam expressar o tamanho da minha gratidão. Vocês também salvaram a minha vida, com uma oração que tenha sido feita. A jornada ainda será longa, mas eu não desistirei e nem desanimarei em momento algum, eu prometo. Mais uma vez obrigada a todos, inclusive aos que não me conhecem pessoalmente e mesmo assim me enviavam uma palavra de apoio. Vocês não têm noção do quanto me ajudaram e me deixaram emocionada. Abração e um conselho: não percam tempo com bobagens, expressem o amor que sentem pois a gente nunca sabe o que vai acontecer na manhã seguinte. Que Deus nos abençoe!”

*Com g1pb e redes sociais

Paraibaonline*

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo