Paraíba

Grupo é detido suspeito de assalto a clube de tiro de João Pessoa

(Foto: Divulgação)

Ao menos quatro pessoas foram detidas, na manhã desta quinta-feira (4), em Cabedelo, durante a Operação Tiro Certo, da Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar. O grupo é suspeito de ter participado do assalto à Associação Pessoense de Tiro (Aptiro), ocorrido no dia 21 de fevereiro.

A Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds) divulgou que três armas de fogo haviam sido apreendidas. Conforme apuração da TV Correio, também foram apreendidas drogas. Todos os suspeitos e o material apreendido foram levados para a Central de Polícia Civil em João Pessoa.

O crime

Dois funcionários da Associação Pessoense de Tiro (Aptiro) foram feitos reféns, na noite do dia 21 de fevereiro, durante assalto à sede no bairro do Bessa, em João Pessoa. Segundo a Polícia Militar, com base no relato das vítimas, o caso aconteceu por volta das 22h. Três homens chegaram em um carro branco e renderam os funcionários, no momento em que eles saíam do estabelecimento. As vítimas foram trancadas em um cômodo e os suspeitos roubaram armas, fugindo logo em seguida. O carro usado pelos assaltantes na ação criminosa foi abandonado na comunidade Salinas Ribamar.

PORTAL CORREIO

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo