ParaíbaPolítica

Governador enfatiza ações de Segurança Pública na Paraíba em mensagem ao Legislativo

Foto: Paraibaonline

Com mais de 40 páginas lidas em mais de 2 horas de discurso, o governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) deu o recado aos deputados na mensagem de abertura dos trabalhos legislativos, realizada nesta quinta-feira (15), no Auditório do Ministério Público.

Em um balanço extenso, o chefe do Executivo deu destaque ao ponto mais crítico do governo, a Segurança Pública, para a qual fez diversas considerações sobre a implementação de ações em prol da população paraibana.

O longo discurso, conforme o governador, se devia a coincidência do momento com o início do último ano do segundo mandato consecutivo e, portanto, merecia a apresentação de um balanço e da perspectivas de praxe.

Citando o filósofo espanhol José Ortega Y Gasset: “Eu sou eu e a minha circunstância. E, se não a salvo, não salvo a mim mesmo”, ressaltou o governador, que frisou não recorria à citação para falar dele, mas das circunstâncias do Estado.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

“Penso que, como indivíduos e, sobretudo, como atores sociais, precisamos permanentemente, conhecer, entender, questionar e transformar a realidade concreta que nos circunda e nos integra. Salvar as nossas circunstâncias, como ensinou Ortega , é interpretar criticamente a vida social, compreendê-la e melhorá-la. E fazer isso coletivamente e para todos e não apenas para alguns poucos privilegiados”, ressaltou.

No capítulo Segurança Pública, o governador disse que a partir do seu governo se diferencia o que era o Estado antes e o que é o Estado hoje.

Segundo ele, não se deve confundir como alguns querem fazer no jogo político, o evento que atenta contra a vida ou contra o patrimônio com a política pública de Segurança.

“Não é o Estado que promove a violência, mas sim setores da sociedade que cresceram mais do que nunca ao longo desses anos, principalmente por falta de políticas públicas, que pudessem combater que a nossa juventude fosse matéria prima para a criminalidade. Esse é um debate que eu tenho a maior satisfação em fazê-lo pra ampliar as consciências, não para partidarizar, mas para ter a condição de dizer que política pública adotada na Paraíba é indiscutivelmente comprometida com a sociedade”, disse.

O governador criticou ainda que parte da imprensa só destaca nos jornais as explosões de caixas eletrônicos, mas não dá o devido destaque quando a Polícia prende os criminosos.

“Lembrar da prisão do bando é pedagógico e fundamental, não só para aqueles que estão pensando em fazer a mesma coisa, mas também para a população que o crime não compensa. A Segurança Pública é um dos maiores desafios a ser enfrentado pelos poderes e estruturas do Estado e também pela sociedade”, observou.

Por fim, o governador enfatizou ainda que a Paraíba é o único estado da federação a registrar, em seis anos consecutivos, a redução de Crimes Violentos Letais Intencionais ( CVLI) no período de 2012 a 2017, sendo o processo continuado mais duradouro do país.

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo