Destaque

Empossada a nova diretoria da Academia de Letras de Campina Grande

Foto: Leonardo Silva/ Paraibaonline

O professor Ailton Elisiário, que esteve à frente da entidade ao longo dos últimos 10 anos, grifou em seu discurso que as academias são “instituições culturais que buscam cooperar para o progresso das comunidades, de todas as formas”.

Ailton frisou que a entidade atravessa uma situação singular, devido ao fato de apenas 25 de suas 40 cadeiras estarem atualmente ocupadas, sendo que nove eleitos ainda não tomaram posse, e seis cadeiras estão em fase de preenchimento, devido ao óbito de seus titulares mais recentes.

Foto: Leonardo Silva/ Paraibaonline

No seu discurso de posse, Josemir Camilo acentuou que passa a encarar “um pacote de desafios”, acentuando que não é tarefa apenas da nova direção “empurrar ladeira acima” esses desafios, a exemplo da desejada conquista de uma sede própria.

Josemir lembrou que dos 25 atuais acadêmicos efetivos, nove residem em outros Estados e quatro estão com problemas de saúde. Por conseguinte, com dificuldades de participar dos eventos da Academia.

Foto: Leonardo Silva/ Paraibaonline

O novo presidente cobrou a imediata posse dos nove eleitos para a Academia, entre os quais o ativista cultural e vereador João Dantas, o professor Edmundo Gaudêncio, o escritor Edmilson Rodrigues e o jornalista Arimatéa Souza, editor do PARAIBAONLINE.

Uma representação de escritores de Pernambuco prestigiou a solenidade e manifestou o desejo de intensificar o intercâmbio.

Paraíba Online

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo