DestaqueNotícias

Em nova assembleia, professores da UEPB decidem continuar em greve

Foto: Divulgação

O corpo docente da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) realizou Assembleia Deliberativa, nesta quinta-feira (29), na sede da instituição, em Campina Grande, para discutir a paralisação dos professores que dura desde o dia 12 de abril. De acordo com as primeiras informações, o Comando da Greve chegou a um acordo com a reitoria da universidade, mas a greve está mantida, pois o governo do Estado ainda precisa se comprometer com determinadas solicitações de orçamento.

De acordo com o 2º tesoureiro da Associação dos Docentes da Aduepb, Edson Holanda, a categoria conseguiu avanços e agora as ações se concentraram em estabelecer um acordo com o governo do Estado.

“A categoria decidiu pela manutenção por entender que estamos em um momento crucial. Conseguimos alguns avanços no que diz respeito a negociação com a reitoria da instituição, e gora a precisamos partir pra uma negociação com o governo do Estado. A gente chegou a um entendimento que a categoria reconhece que é possível fazer. Agora para que isso seja colocado em prática, precisamos do compromisso do governo do Estado, de que vai haver a manutenção do orçamento mínimo aprovado pela Lei Orçamentária Anual (LOA)”, salientou o membro da Associação.

Ainda segundo Edson, a Associação dos Docentes da UEPB (Aduepb) concentrará suas ações na capital do estado, embora a sede da instituição seja em Campina Grande. O motivo da medida é estabelecer uma relação mais próxima coma sede do Governo. “Todas as ações daqui pra frente serão priorizadas em João Pessoa, no sentido de sensibilizar o Governo. Agora, é centrar fogo para que a gente conclua essas negociações o quanto antes”, finalizou o tesoureiro.

Portal Correio

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo