Paraíba

Dentro do supermercado, os suspeitos fizeram um arrastão e roubaram celulares, dinheiro e objetos das vítimas, além das quantias em dinheiro que estavam nos caixas. Na fuga, os bandidos se depararam com um policial militar que estava de folga e que começou a perseguir os suspeitos. Houve troca de tiros. Dois deles conseguiram fugir em uma moto, e o outro, identificado como Luan Ferreira de Almeida, foi preso pelo policial e levado à Central de Polícia. Logo após o fato, um policial civil, que estava em frente à sua residência, foi agredido por dois homens em uma moto. A polícia investiga se essa agressão tem relação com o assalto ao supermercado, já que os dois suspeitos do delito conseguiram fugir em uma moto e o fato aconteceu na mesma área. O policial espancado foi encaminhado ao Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande. *Informações da Rádio Correio FM e Bom Dia Paraíba

Foto: Walter Paparazzo/G1

Um homem foi morto a tiros dentro do carro, na manhã desta sexta-feira (12), no Centro de Santa Rita. A Polícia Civil trabalha, inicialmente, com a suspeita de tentativa de assalto. Segundo o delegado João Paulo Amazonas, o crime aconteceu perto da casa da vítima.

Conforme informações da Polícia Civil, Rivelino Izídio da Silva trabalhava como motorista de transporte alternativo e tinha saído de casa quando o crime aconteceu. Quando dobrou a esquina, a vítima foi abordada pelos dois homens em uma moto.

Poucos metros depois da abordagem dos suspeitos, foram efetuados alguns disparos contra a vítima, que morreu ainda dentro do carro. Segundo testemunhas contaram à polícia, pelo menos um revólver foi utilizado na ação. A vítima não tem passagem pela polícia e as hipóteses de investigação da Polícia Civil ainda estão em aberto. Até as 10h30 ninguém foi preso.

Por G1 PB

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo