Notícias

Delatores da JBS revelam outra forma de propina

Em troca de dinheiro de impostos cobrados indevidamente e retidos nos cofres públicos, delatores da JBS e da Odebrecht afirmam que pagaram propina e fizeram doações legais a candidatos, em anos de eleição, revela neste domingo o jornal O Globo.

Levantamento feito pelo jornal mostra que ao menos R$ 198,65 milhões foram pagos para liberar R$ 3,177 bilhões em tributos retidos por cinco estados – Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Ceará – e pela unidade da Receita Federal em São Paulo.

Em depoimento, Joesley Batista (foto) disse que os “políticos arrumam dificuldades para vender facilidades”.

*fonte: o globo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo