DestaqueParaíba

Defensoria Pública de Campina Grande entra com ação contra o fim do racionamento

A Defensoria Pública de Campina Grande irá mover uma ação civil pública contra o Governo do Estado, para impugnar o fim do racionamento de água em Campina Grande. A informação é do programa Correio Debate, da rádio 98 FM.

A Defensoria irá contestar o volume armazenado pelo açude Boqueirão. Segundo o governo do Estado, o açude terá saído do volume morto e contará com 8,2% no dia 26, data programada para o fim do racionamento. Atualmente, o açude contra com 33,2 milhões de m³ , equivalente a 8,07% da capacidade.

O fim do racionamento de água em Campina Grande foi anunciado no último dia 07, pelo secretário de Infraestrutura do Estado, João Azevêdo. Além de Campina, as 18 cidades da região que são abastecidas pelo açude Epitácio Pessoa, terão o fornecimento de água normalizado.

O debate contrário a volta da água as torneiras da Rainha da Borborema também chegou à Câmara Municipal de Campina Grande, que se posicionou contrária ao ato. Uma audiência pública será realizada no dia 22 para discutir o caso.

Fonte: WSCOM

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo