DestaqueNotícias

Com fiscalização do MP irrigação será liberada em Boqueirão

Foto: Reprodução/TVPB

Foi realizada na cidade de Boqueirão, no Cariri paraibano, uma reunião com representantes da Agência Nacional das Águas (ANA), Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Cagepa, Ministério Público e dos irrigantes que utilizavam a água do açude Epitácio Pessoa.

Na reunião foi discutida a possibilidade de liberação da irrigação com as águas do São Francisco que estão chegando ao manancial.

Ficou acertado que será liberada a irrigação para Agricultura Familiar de base ecológica ou de subsistência. Uma portaria será publicada, regulamentado essa questão.

Segundo a ANA, as culturas a serem desenvolvidas utilizando a água de Boqueirão terão de ser aquelas com duração de apenas três ou quatro meses.

Aproximadamente 10 mil propriedades serão beneficiadas com a medida, mas terão que obedecer ao limite de meio hectare para irrigação.

Na mesma resolução que definirá os critérios de irrigação, a ANA também vai autorizar a Cagepa a fazer a captação de 1300 l/s, vazão suficiente para suspender o racionamento de água em Campina Grande.

O Ministério Público fará a fiscalização da captação da águas no rio Paraíba e no açude.

Página 1 PB

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo