Paraíba

Casal preso confessa ter matado idosa a facadas e por fogo na casa com idoso cadeirante ainda dentro

Foto: Reprodução

Em depoimento a Polícia Civil o casal preso suspeito de matar uma idosa de 74 anos, em Queimadas, e atear fogo na casa dela, ainda com o marido cadeirante dentro, confessou a autoria do crime. A mulher presa disse que o intuito era roubar R$ 20 das vítimas, mas que o companheiro dela decidiu matar a idosa depois do roubo e atear fogo na casa.

A mulher de 20 anos e seu companheiro, de 21 anos, foram presos no fim da tarde desta segunda-feira (8), em Queimadas. O crime foi registrado na manhã do último domingo (7), após a idosa Maria José da Silva ser esfaqueada e o idoso cadeirante ser socorrido para o Hospital Regional da cidade.

A Polícia Civil agora trata o crime como latrocínio e tentativa de latrocínio, pelo incêndio da casa com o idoso ainda dentro do imóvel.

O cadeirante Graciano da Silva só não teve o corpo queimado, porque vizinhos perceberam as chamas na casa e retiraram ele do local a tempo. As chamas também foram controladas pelos vizinhos. A vítima Maria José chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu.

O casal foi visto saindo da casa na manhã do domingo, antes das chamas serem percebidas. Eles teriam se apresentado na casa para oferecer serviço de cuidador de idosos.

A família das vítimas confirmou que havia uma pessoa que tomava conta dos dois idosos durante a semana, mas eles buscavam uma segunda pessoa que pudesse ficar nos fins de semana.

 

Foto: Reprodução

Paraiba todo dia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo