Paraíba

Cagepa toma nova medida para acabar com mau odor da água em Campina

Foto: CMCG

O gerente regional da Cagepa, Ronaldo Meneses, explicou que a Companhia está adotando uma nova estratégia para acabar com o mau odor na água que vem do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão). Ele explicou que a Cagepa está se organizando para utilizar o carvão ativado como reforço no tratamento da água.

Ronaldo adiantou que a nova medida vai passar por processo licitatório para aquisição do produto, montagem de estrutura, de um novo reservatório de dosagem e outros passos. O carvão ativado deve ser dosado e jogado na água bruta.

Ele informou que apenas o odor e o sabor é que estão modificados, mas não oferecem risco à saúde da população e as outras características seguem normais, mesmo assim ele reconhece que a água precisa voltar ao normal “o quanto antes”. A Cagepa está conversando com outras companhias que enfrentaram o mesmo problema com a água.

“Vai ser utilizada uma nova metodologia, que é o Carvão ativado como forma de retirar as substâncias que estão causando o mau odor da águas, enquanto isso estamos tomando outras medidas. Mudamos a captação, a dosagem e tentando usar o carvão vegetal, mas a solução definitiva, foi o carvão ativado. Tem que montar uma nova estrutura, tem toda a questão burocrática, processo licitatório, é mais um complemento no tratamento”, explicou ele, durante entrevista ao Correio da Manhã.

Paraiba Todo Dia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo