Sem categoria

Adriano Galdino é reeleito e vai comandar a ALPB por quatro anos

(Foto: Portal Correio)

O deputado estadual Adriano Galdino (PSB) foi reeleito para comandar a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) no segundo biênio (2020-2021). O socialista venceu a eleição por 23 contra 13 de Hervázio Bezerra (PSB), que também concorria. A decisão sobre as chapas que iriam concorrer ao segundo biênio foi marcado por reviravolta, com Tião Gomes desistindo da disputa para apoiar Adriano Galdino. Clique aqui para saber mais.

Antes da eleição, o presidente do primeiro biênio, Adriano Galdino, e o candidato a presidência no segundo biênio, Hervázio Bezerra (PSB), travaram uma discussão sobre como se daria a votação.

Adriano abriu a sessão proibindo os deputados de levarem celulares para a cabine de votação após ser informar que os deputados da bancada de situação haviam combinado de filmar o voto.

“Chegou informação para mim agora que uma das propostas é de que cada deputado fosse votar e filmasse o voto. Vocês (bancada do governo) combinaram de filmar o voto. O voto é secreto e temos que preservá-lo. Isso é antiético e antirrepublicano. Isso não esta nos preceitos constitucionais do nosso partido, o PSB”, afirmou Adriano.

Críticas

Contrário, os deputados Hervázio e Ricardo Barbosa criticaram a decisão de Adriano e questionaram onde a medida estaria disposta no regimento interno da ALPB. Barbosa ainda questionou Adriano sobre um encontro realizado na noite dessa quinta-feira (31), na Granja Santana, onde Adriano teria se comprometido a votar em Hervázio no segundo biênio.

Em resposta, Adriano Galdino disse que a reunião que ocorreu foi mais uma “reunião de pressões” ocorrida dentro da base do Governo do Estado.

Por Halan Azevedo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo