O gerente regional da Cagepa em Campina Grande, Ronaldo Meneses, comentou sobre os detalhes do fim do racionamento em Campina Grande e região e destacou que três medidas técnicas foram necessárias para que a decisão fosse tomada, entre elas, a saída do açude de Boqueirão do volume morto.

Ele afirmou que, de acordo com cálculos, o manancial Epitácio Pessoa está a 16 centímetros de sair do volume morto e por isso o anúncio do fim do racionamento foi dado para o dia 26 deste mês.

Image

Foto: Paraibaonline

– A gente sempre vinha falando que as decisões deveriam ser técnicas e dissemos que o racionamento só acaba quando o açude sair do que chamamos de volume morto. Estamos a 16 centímetros de sair daquela condição de volume morto, por isso a data divulgada – disse.

Ronaldo destacou o trabalho técnico feito pela Cagepa e órgãos competentes e disse que a vazão do açude está prestes a aumentar, fazendo com que o volume de água que entra seja maior que o volume que sai.

*As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Caturité AM.

 paraibaonline