O vereador João Dantas quer revogar o título de Cidadão Campinense e a Medalha de Honra ao Mérito que a Câmara Municipal de Campina Grande entregou para o presidente Michel Temer, através de uma propositura do vereador Márcio Melo.

A motivação seria a crise institucional que se instalou no governo federal depois da delação do dono da JBS.

Dantas disse ser a favor da renúncia de Temer e da eleição direta até o pleito de 2018.

– Eu sou partidário de que o presidente Temer renuncie, pois é o caminho mais curto para que a Constituição seja cumprida e haja uma eleição direta em 90 dias. É preciso um nome que dê continuidade e leve os destinos do Brasil até 2018 – disse.

O parlamentar ressaltou que desconsiderar a conclusão das obras do São Francisco pelo atual presidente seria uma grande injustiça, mas não se pode calar diante de mais de 10 pedidos de impeachment contra Temer.

– Da mesma forma como a Câmara entregou, ela pode revogar o título através de uma propositura, um projeto de resolução. Entendemos que o momento não é esse ainda, mas teremos que esperar a consagração dos resultados punitivos constitucionais para a partir daí, a Câmara cumprir com o ritual e se posicionar – disse.

*As informações repercutiram na Rádio Campina FM.