Um vereador do município de Pedra Branca, no Sertão paraibano, teve o mandato cassado pela Câmara Municipal.

Roberto Rodrigues (PCdoB) é acusado de agredir os colegas vereadores durante a sessão de posse na Câmara. Ele teria atirado um microfone contra o presidente da sessão.

Nas ultimas sessões o vereador estaria descumprindo o regimento interno e agredindo verbalmente os colegas no plenário.

O pedido de cassação do mandato foi enviado pelo PR ao Legislativo, onde o vereador é acusado por amaças e tentativa de agressão física.

O parlamentar teve o mandato cassado na ultima segunda-feira por 7 votos a 1. Ele vai recorrer da decisão à Justiça Eleitoral para permanecer no cargo.